Sem categoria

Resenha – Cidade dos Etéreos

Fala galera, tudo bom com vocês?

Como prometido no ultimo post, teríamos a continuidade de resenhas da série de livros do Ransom Riggs. O primeiro foi O orfanato da Srta. Peregrine para criança peculiares, e agora, dando continuidade, temos a resenha do livro dois, Cidade dos Etéreos. Então sem muita delongas, vamos a resenha.

71-f7myulLivro: Cidade dos Etéreos
Autor: Ransom Riggs
Páginas:
384
Gênero:
Ficção
Editora: 
Intrínseca
Nota: 
🍦🍦🍦🍦🍦

Sinopse – Cidade dos etéreos dá sequência ao celebrado O orfanato da srta. Peregrine para crianças peculiares, em que o jovem Jacob Portman, para descobrir a verdade sobre a morte do avô, segue pistas que o levam a um antigo lar para crianças em uma ilha galesa. O orfanato abriga crianças com dons sobrenaturais, protegidas graças à poderosa magia da diretora, a srta. Peregrine. Neste segundo livro, o grupo de peculiares precisa deter um exército de monstros terríveis, e a srta. Peregrine, única pessoa que pode ajudá-los, está presa no corpo de uma ave. Jacob e seus novos amigos partem rumo a Londres, cidade onde os peculiares se concentram. Eles têm a esperança de, lá, encontrar uma cura para a amada srta. Peregrine, mas, na cidade devastada pela guerra, surpresas ameaçadoras estão à espreita em cada esquina. E, além de levar as crianças a um lugar seguro, Jacob terá que tomar uma decisão importante quanto a seu amor por Emma, uma das peculiares. Telecinesia e viagens no tempo, ciganos e atrações de circo, malignos seres invisíveis e um desfile de animais inusitados, além de uma inédita coleção de fotografias de época — tudo isso se combina para fazer de Cidade dos etéreos uma história de fantasia comovente, uma experiência de leitura única e impactante.


A narrativa desse segundo livro começa exatamente onde terminou o primeiro. Jacob e os peculiares em busca de terra segura e firme. Fugindo de todo o caos que se instaurou tanto no mundo comum, quanto no mundo peculiar, além de proteger sua Ymbrine – Srta. Peregrine, que está aprisionada em forma de pássaro e não consegue voltar a forma humana.

Após o barco em que Jacob e os peculiares viajavam, virar, deixando-os apenas com um baú onde continha alguns contos peculiares, eles decidem abrir e ler esses contos, e descobrem que estão justamente em uma das florestas retratadas no conto em que estavam lendo, e que ali existe uma fenda temporal onde servirá de apoio e proteção, além de levá-los a outra Ymbrine, para que possa ajudar a Srta. Peregrine, que até então está presa em forma de pássaro, impedida de voltar a sua forma humana.

Em sua aventura, Jacob acaba por descobrir que também é peculiar, e que seu dom é sentir a presença e enxergar etéreos, criaturas que caçam peculiares, para lhes roubar a alma. Nisso, Jacob e os peculiares estão de novo a mercê da sorte, e suscetíveis aos perigos que os cercam no mundo peculiar, e fora da fenda de proteção da Srta. Peregrine.

titulo_cidadeetereos_3


Então é isso pessoal, a resenha é breve e curta devido aos spoilers que podemos soltar aqui, caso falemos mais algo rsrs e pra evitar estragar a leitura ou futura leitura dessa série por vocês, acho melhor poupá-los. Espero que tenham gostado. Deixa nos comentários se pretende ler ou não essa série. Beijos e até a próxima.

Junior Cunha

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s