Sem categoria

Resenha – Reconstruindo Amélia

Fala galera, tudo bom com vocês?

A resenha de hoje é do livro Reconstruindo Amélia, livro lido e resenhado pela minha parceira de Blog, Déborah Regina. Sem muitas delongas de inicio, vamos a resenha e a opinião da nossa resenhista.

RECONSTRUINDO_AMELIA_1401197630BLivro: Reconstruindo Amélia
Autor: Kimberly McCreight
Páginas: 352
Gênero: Drama/Romance
Editora: Arqueiro
Nota: 🍦🍦🍦🍦

Sinopse – Kate Baron, uma bem-sucedida advogada, está no meio de uma das reuniões mais importantes de sua carreira quando recebe um telefonema. Sua filha, Amelia, foi suspensa por três dias do Grace Hall, o exclusivo colégio particular onde estuda. Como isso foi acontecer? O que sua sensata e inteligente filha de 15 anos poderia ter feito de errado para merecer a punição? Sua incredulidade, no entanto, vai aos poucos se transformando em pavor ao deparar, no caminho para o colégio, com um carro de bombeiros, uma dúzia de policiais e uma ambulância com as luzes desligadas e portas fechadas. Amelia está morta. Aparentemente incapaz de lidar com a suspensão, a garota subiu no telhado e se jogou. O atraso de Kate para chegar a Grace Hall foi tempo suficiente para o suicídio. Pelo menos essa é a versão do colégio e da polícia. Em choque, Kate tenta compreender por que Amelia decidiu pôr fim à própria vida. Por tantos anos, as duas sempre estiveram unidas para enfrentar qualquer problema. Por que aquele ato impulsivo agora? Suas convicções sobre a tragédia e a própria filha estão prestes a mudar quando, pouco tempo depois do funeral, ela recebe uma mensagem de texto no celular: Amelia não pulou. Alternando a história de Kate com registros do blog, e-mails e posts no Fa­cebook da filha, Reconstruindo Amelia é um thriller empolgante que vai surpreender o leitor até a última página.


Kate Baron é uma mulher inteligente, ótima advogada, sócia Junior da firma Slone &Thayer, profissional e mãe solteira, sua filha Amelia é a luz da sua vida. Durante uma reunião do trabalho ela recebe uma ligação da escola particular onde sua filha estuda comunicando que ela foi suspensa, o que é risível visto que Amélia sempre foi uma ótima aluna, nunca causou problemas, Kate tinha certeza disto, ela conhecia a filha que tinha. Ao chegar à escola Kate é surpreendida com a quantidade de policiais que encontra.

– A sua filha, Amelia ela caiu do telhado, Sra. Baron. Ela… infelizmente não sobreviveu à queda. Lamento muito, senhora, mas sua filha, Amelia, faleceu. (p.25).

Essas simples palavras acabam com o mundo de Kate, Amelia sempre foi uma filha e aluna exemplar, não tinha motivos para cometer suicídio, era inteligente demais para isso. Enquanto tenta retornar a sua vida normal apesar de estar totalmente desorientada Kate recebe uma mensagem anônima: AMELIA NÃO PULOU. E assim como saber da morte de Amelia a destruiu, saber que ela não pulou a traz de volta a vida com um objetivo: saber o que aconteceu realmente com sua filha.

Kate inicia uma busca por todas as coisas da sua filha que podem lhe dar um panorama do que estava acontecendo com ela: twitter, facebook, diário, sms no celular, e no GrAcIoSaMENTE – blog de fofocas da escola de autoria desconhecida. Assim, fazendo uma colagem da vida de sua filha, Kate descobre um lado de Amelia que ela não conhecia. Como sua filha pôde ter mudado tanto?

12999505_1134026813308182_1201100839_o

Este é um livro emocionante que nos segura até a última página. A narrativa oscila entra o ponto de vista de Kate no presente e um feedback de Amélia, por exemplo: quando Kate descobre que Amelia pertencia ao clube secreto das Magpies na escola, paralelamente Amelia nos conta como foi convidada e sua admissão no clube e assim se segue.

A estrutura do livro mostra as trocas de mensagens de Amelia com um amigo virtual, postagens do seu facebook, trechos do diário de Kate na época da faculdade. Acompanhamos a amizade de Amelia e Sylvia:

“As roupas eram para Sylvia o que os livros eram para mim: a única coisa que realmente importava.” – p. 30

 Sua paixão pela leitura:

“Amelia aprendera a ler aos 4 anos e, desde então,vivia com um livro nas mãos.Lia na banheira;caminhando pela calçada;à noite,no escuro,com uma lanterna.Mesmo todas aquelas estantes não tinham sido suficientes para sua biblioteca;os livros excedentes formavam pilhas altas ao longo de cada parede.Kate às vezes se preocupara com a obsessão de Amelia pelos livros,pensando que seria sinal de solidão.” – página 75

 E seu primeiro amor:

“[…]Mas também não me importava se outros descobrissem. A única coisa que me importava era Dylan.”- página 173

É uma leitura incrível, envolvente com um final surpreendente. Reconstruindo Amelia é uma busca emocionante de uma mãe pela a personalidade da filha, nos faz questionar se de fato conhecemos as pessoas que estão a nossa volta inclusive nossos familiares. É daqueles livros que no final você fica de boca aberta, sem reação e esperando as páginas que não existem, pois, realmente acabou.

12986909_1134026863308177_1639415575_o


Então é isso pessoal, espero que tenham gostado da resenha de hoje. Ficamos por aqui, e até o próximo post ❤

Déborah Regina

Anúncios

7 comentários em “Resenha – Reconstruindo Amélia

  1. Eu li este livro e é fantástico. Ele vive emprestado de tanto que faço propaganda dele para minhas amigas apaixonadas por livro. Foi uma leitura que me tirou o sono, de verdade. Uma ótima reflexão sobre o que se passa na vida daqueles que convivem conosco diariamente.
    Bjs

    Curtido por 1 pessoa

  2. Eu adorei esse livro quando li, ele faz uma bagunça na nossa cabeça e depois vai montando peça à peça. Deu para sentir que você também curtiu. Adoro livros assim, que me tiram da zona de conforto.
    Bjs!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s