Sem categoria

Resenha – O príncipe dos canalhas

Fala galera, tudo bem com vocês?

A resenha de hoje é de um gênero que conheci recentemente e que sempre venho falando que amo mais que chocolate rsrs Romance de Época me ganhou de uma tal forma, que não me vejo sem livros desse gênero literário. O livro da vez é O príncipe dos canalhas – Loretta Chase. Vamos a resenha.

Capa.jpgLivro: O príncipe dos canalhas
Autor: Loretta Chase
Páginas: 288
Gênero: Romance de Época
Editora: Arqueiro
Nota: 🍦🍦🍦🍦🍦

Sinopse – Sebastian Ballister é o grande e perigoso marquês de Dain, conhecido como lorde Belzebu: um homem com quem nenhuma dama respeitável deseja qualquer tipo de compromisso. Rejeitado pelo pai e humilhado pelos colegas de escola, ele nunca fez sucesso com as mulheres. E, a bem da verdade, está determinado a continuar desfrutando de sua vida depravada e pecadora, livre dos olhares traiçoeiros da conservadora sociedade parisiense. Até que um dia ele conhece Jessica Trent… Acostumado à repulsa das pessoas, Dain fica confuso ao deparar com aquela mulher tão independente e segura de si. Recém-chegada a Paris, sua única intenção é resgatar o irmão Bertie da má influência do arrogante lorde Belzebu. Liberal para sua época, Jessica não se deixa abater por escândalos e pelos tabus impostos pela sociedade – muito menos pela ameaça do diabo em pessoa. O que nenhum dos dois poderia imaginar é que esse encontro seria capaz de despertar em Dain sentimentos há muito esquecidos. Tampouco que a inteligência e a virilidade dele pudessem desviar Jessica de seu caminho. Agora, com ambas as reputações na boca dos fofoqueiros e nas mãos dos apostadores, os dois começam um jogo de gato e rato recheado de intrigas, equívocos, armadilhas, paixões e desejos ardentes.


12630670_1082560408454823_915097677_oSebastian é o Duque de Blackmoor, mais conhecido como Marquês de Dain, ou príncipe dos canalhas. Apesar de saber do seu apelido e de sua fama, ele não mostra sinal de irritação, ao contrário, se sente mais seguro de si. Sebastian perdeu a mãe quando criança, ela fugiu, por que não aguentava a arrogância do marido. Sebastian sempre foi renegado e tratado mal pelo pai, que não aceitava a criança, por conta da sua aparência estranha para os padrões dos Ballisters. Com isso, Sebastian foi mandado para Eton, um colégio interno, e como todo colégio, nesse havia garotos que faziam piadas com o pobre garoto. Entretanto, Sebastian teve que aprender a se defender e se virar sozinho, já que nunca teve a presença do pai cuidando e ensinando o filho.

Passados alguns anos, Sebastian recebe a notícia que seu pai falecera, e que a partir daquele dia ele seria o mais novo Marquês de Dain. Seu pai deixará para ele uma enorme quantidade de terras, mansões e também muitas dividas e hipotecas. Como Sebastian teve que se virar sozinho a vida toda, desde muito cedo descobriu o mundo dos negócios, então cuidar de todas dividas e hipotecas deixadas pelo seu pai seria mais como um jogo pra ele, um jogo que ele já estava acostumado a jogar. Em pouco tempo Sebastian vendeu tudo que não fosse inalienável, quitou as dividas e reorganizou o sistema financeiro que antes encontrava-se em estado defasado.

“O flagelo e a perdição dos Ballisters, o Príncipe dos Canalhas em pessoa. O maior cortejador de prostitutas de toda a Cristandade. Um ingrato arrogante e imbecil.”

12636841_1082561531788044_1278514752_oEis que surge na história Srta. Jessica, ou Jess como é chamada na maiorias da vezes, surge com o intuito de salvar o irmão das mãos do Marquês Dain, que o leva cada dia mais para o fundo do poço. Chegando a Paris, ela trata logo de encontrar aquele que tanto mal faz a seu irmão cabeça de vento. Ela só não esperava conhecer um homem tão másculo e viril e também não contava que fosse sentir uma leve atração por aquele Belzebu em pessoa. Mas Jessica não é uma mulher normal como as demais, ela se recusa a casar com qualquer um, e não baixa a cabeça para todas as regras impostas pela sociedade.

“No meu dicionário, romance não é um sentimento piegas e pegajoso – disse ela. – É algo picante, temperado com entusiasmos e uma dose de cinismo. – Ela estreitou os olhos. – Acho que daqui a algum tempo você se transformará num belo tempero picante, Dain.”

Ao desenrolar da história ambos ficam em um jogo de cão e gato, onde tentam de todas as formas difamar e desmoralizar um ao outro, mas que já sabemos o final dessa narrativa. O que torna o livro tão interessante é que Jess é uma mulher muito decidida, tem certas cenas que eu ri muito das atitudes dela. Com ela não tem essa de esperar pra depois, ela vai lá e faz, e se precisar usar armas… bom, melhor nem falar sobre isso rsrs.

“Os dois podiam personificar dois exércitos furiosos, e o beijo seria uma batalha de vida ou morte. Eles tinham o mesmo objetivo: conquistar, possuir. Dain não ofereceu trégua. Jéssica não fazia questão nenhuma.”

É um livro muito bom, eu simplesmente amei a escrita da Loretta Chase, atualmente eu estou lendo o livro O último dos canalhas, que também é dela. A diagramação do livro está perfeita, com capítulos curtos e letras em bom tamanho. A edição também está perfeita, sem falar na capa que é ❤ – Então é isso pessoal, espero que tenham gostado da resenha, não esqueçam de deixar seu comentário aqui em baixo. Beijos e até a próxima.

Junior Cunha

Anúncios

8 comentários em “Resenha – O príncipe dos canalhas

  1. Oiiiii, Junior! Eu amo demais esse livro, mas nunca consigo decidir qual que eu mais gosto: O príncipe dos canalhas ou O último dos canalhas??? Os dois são muito bons, divertidos… Eu adoro a Jesse, ele tem um senso enorme do que é responsabilidade e, nem que seja a marretadas, ela que incurtir isso no Dain. E o Dain é ahhhhhhh meus deuses… *suspiros*
    Adorei a resenha!
    Bjs

    Curtido por 1 pessoa

  2. aaah eu gostei muito da resenha!
    nunca li nada nesse gênero. como hoje em dia o erotismo explícito está pipocando nos livros eu fico com o pé atrás com qualquer título sugestivo, pois não curto muito esse tipo de leitura. gosto de coisas mais “lights”. haha
    esse livro é tranquilo nesse aspecto?! fiquei apaixonada pela capa *——–*

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s