Sem categoria

Resenha – Miniaturista

Fala galera, tudo bom com vocês?

Hoje eu venho trazer para vocês a resenha do livro Miniaturista – Jessie Burton. O livro é um lançamento do mês de outubro da editora Intrínseca, e quem vai contar mais desse livro, é a minha amiga Déborah ❤ – Então vamos lá.

miniaturistagrandeLivro: Miniaturista
Autor: Jessie Burton
Páginas: 351
Gênero: Romance
Editora: Intrínseca
Nota: 🍦🍦🍦🍦🍦

Sinopse – No frio outono de 1686,  Petronella Oortman, de 18 anos, chega a Amsterdã para começar uma nova vida como esposa do ilustre comerciante Johannes Brandt. Mas sua nova casa, apesar de esplendorosa, não é acolhedora. Johannes é gentil porém distante, sempre trancado em seu escritório ou no depósito de produtos, deixando Nella sozinha com a irmã dele, a maliciosa e ameaçadora Marin.

Mas o mundo de Nella se transforma quando Johannes lhe oferece um extraordinário presente de casamento: uma réplica da casa deles em miniatura. Para mobiliá-la, Nella contrata os serviços de um miniaturista – um artista furtivo e enigmático, cujas criações são cópias perfeitas dos móveis e objetos que há na casa. O artesão envia as peças de um jeito misterioso e inesperado.

O presente de Johannes ajuda a esposa a compreender o mundo da família Brandt, mas à medida que ela descobre seus segredos, começa a entender e temer os perigos que os cercam. Nessa sociedade religiosa e repressiva, em que o ouro só menos venerado que Deus, ser diferente é uma ameaça às morais e nem mesmo um homem como Johannes está livre. Apenas uma pessoa parece ser capaz de enxergar o futuro que os aguarda. Seria o miniaturista o caminho para a salvação ou o arquiteto da destruição?

Encantador, belo e repleto de mistérios, Miniaturista é uma magnífica história de amor e obsessão, traição e vingança, aparência e verdade.


12351640_1052561321454732_1543123899_o

O cenário de Miniaturista é a Amsterdã do final da década de 1960, e conta a história de Petronella Oortmann, apelidada de Nella, que com 18 anos teve um casamento arranjado por conta da condição financeira de sua família. Ela chega à casa de Johannes Brandt pronta para assumir a vida de casada, levando Peebo seu inseparável periquito. É recebida por Marin Brandt sua cunhada, uma mulher reservada, de olhar severo que sempre cita a Bíblia. Cornélia a criada da casa, poucos anos mais velha que ela e com uma personalidade menos retraída em comparação com os criados que conhece de sua terra natal. Otto (a quem Cornélia chama de Toot), um negro de porto-novo, em Daomé, que desempenha a função de mordomo de seu marido.

Nella encontra todos em casa, menos seu marido, que está em viagem de negócios, sente-se abandonada sem a presença do marido e mais ainda quando ele volta e não a procura, não a toca. Johannes para dar as boas vindas a sua esposa dá a ela como presente de casamento uma casa de bonecas. Mas não é uma casa qualquer, é uma réplica da casa onde eles vivem que foi montada em miniatura dentro de uma cristaleira antiga.

12359567_1052560484788149_786930027_o

Nella não se sente uma esposa, não se sente bem vinda e nem a dona da casa em que mora, sendo o domínio de Marin. Sua única ocupação é decorar sua casa de bonecas. Nella folheando a Lista Smit (uma espécie de lista de endereços com comerciantes da região) encontra o anúncio:

MINIATURISTA

Morando sob a placa do sol, na Kalverstraat

Original de Bergen

Recebeu treinamento do conceituado relojoeiro de Bruges, Lucas Windelbreke

TUDO, E AINDA ASSIM NADA

(pág. 58)

Ela resolve escrever ao anunciante, sendo o único na categoria miniaturista, escreve uma carta encomendando três itens como modo de rebeldia ao ambiente que vive: Um alaúde, instrumento que ela foi proibida de tocar, um Cálice de noivos, do qual não bebeu com seu esposo, e uma caixa de Marzipã, um doce que adora e que não pode comer por conta das regras de Marin, que acha que doces são um luxo desnecessário.

Dias depois um entregador bate em sua porta com a encomenda, porém veio mais objetos do que o pedido, além do alaúde, cálice para noivos e a caixa de marzipã, veio também duas cadelas que seu marido possui (Rezeki e Dhana), duas cadeiras que ficam na sala do andar de baixo, onde Marin costuma se sentar, e um berço com belos entalhes. Miniaturas perfeitas, as cadeiras e as cadelas são idênticas aos modelos originais, até a mancha de nascença em uma delas. Nella se assusta com a veracidade delas e com a presença do berço que supõe ser uma zombaria ao fato de nunca ser tocada por seu marido. Se sente como se estivesse sendo vigiada. Como a pessoa que faz as miniaturas pode saber desses detalhes de sua vida privada?

Conforme se desenrola a história, vão surgindo outros personagens, como Frans e Agnes Meerman, Jack Phillipe, Hanna, todos com um papel a desempenhar na vida dos Brandt. Nella recebe outras miniaturas que parecem contar a situação que está vivendo e indicar o que ainda não aconteceu, o que acaba deixando Nella obcecada pelas miniaturas e por quem as fabrica. Qual será a história por trás das Miniaturas?

“Afinal, essas peças são ecos, presságios ou simplesmente um palpite certeiro?” (Pág. 191)

Miniaturista é uma história que vale a pena ser lida, ela nos mostra como a sociedade holandesa agia e pensava em 1960, como funcionava a influência da igreja e do dinheiro, o papel das mulheres e a presença do preconceito. Composta de capítulos em sua maioria curtos, com cenas do cotidiano, ou determinadas ações, o que dependendo de quem estiver lendo, não exclui a vontade de ler o próximo capítulo. Gostei da capa e me apaixonei pela parte interna do livro, achei um charme à parte.

12364228_1052563331454531_909631743_o (1)


Então é isso galera, espero que tenham gostado da resenha. Se vocês gostaram, deixa ai nos comentários o que achou e se pretende ler. Eu particularmente adorei a resenha e pretendo ler ele agora quando entrar em recesso de natal da faculdade. Beijos e até a próxima.

Junior Cunha.

 

Anúncios

3 comentários em “Resenha – Miniaturista

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s