Sem categoria

Quando John Green veio ao Brasil

Olá pessoal,

Quem nos acompanha pela página do Instagram já ele estar sabendo que no dia 30 de junho e 01 de julho, eu (Miriana) estive no Rio de Janeiro para participar da Cabine de Imprensa do filme Cidades de Papel e da Coletiva de Imprensa com John Green e Nat Wolff, fomos pela parceria com a editora Intrínseca e pudemos ver de perto esse escritor que é tão querido pelos leitores, foi uma experiência muito legal e iremos contar um pouquinho do que rolou por lá.

Tudo aconteceu muito rápido, em um dia recebemos o convite para participar, no dia seguinte já estávamos confirmando a presença e correndo atrás de passagens e hospedagem, o grande fã é o Junior, mas infelizmente ele não pode ir, então eu, Miriana, resolvi ir e representar o Junior e o nosso blog Icebookcream.

A caminho do Rio de Janeiro.
Na terça-feira, dia 30 de junho, no período da noite, aconteceu a cabine de imprensa, encontramos com a equipe da Intrínseca e todos parceiros presentes receberam uma sacola cheia de coisas legais, que foram: o livro Cidades de Papel versão com a capa do filme, um marcador, dois pôsteres com frases do livro/filme, um adesivo com o selo #eufui, uma camiseta e um pingente com o logo da editora.

Brindes recebidos da Intrinseca.
Além de receber os brindes e encontrar os demais parceiros, assistimos ao filme. Foi muito legal poder os parceiros da Intrínseca reunidos.

Foto compartilhada pela editora no Instagram.
No dia seguinte, quarta-feira, aconteceu a coletiva de imprensa no Copacabana Palace, onde ao chegar fiz o credenciamento e fui direcionada ao saguão onde os demais parceiros da Intrínseca, jornalistas, fotógrafos e outros aguardavam juntos a chegada do John Green e Nat Wolff. Havia uma área destinada aos fotógrafos oficiais chamada Photo Call, onde haveria uma pequena sessão de fotos antes do início da coletiva, por sorte consegui acesso a essa área juntamente com outros blogueiros e consegui tirar as fotos abaixo, com exclusividade.

Chegada do John Green e Nat Wolf.

John filmou as pessoas fotografando ele.


Antes do início da coletiva conheci alguns blogueiros com quem conversei e fiquei na companhia, afinal eu estava sozinha em um local onde não convencia ninguém, foram eles: Raphael, blogueiro do Indica Aí, que também é publicitário, Raquel blogueira do Neon Kiss e uma blogueira que veio do Maranhão justamente para o evento, a qual acabei não perguntando o nome. Eles são pessoas muito legais que gostei de ter conhecido, vou deixar os links dos respectivos blogs para que vocês possam conhecê-los.

Selfie com o Rafael e com o John.
Iniciou a coletiva de imprensa, no Golden Room do Copacabana Palace, as pessoas presentes tiveram oportunidade de fazer perguntas diretamente para o John e o Nat, as perguntas eram feitas em voz alta e em português, pois eles estavam com tradutor simultâneo por um fone de ouvido.

As perguntas feitas eram todas relacionadas ao filme e livro do Cidades de Papel e algumas outras sobre carreira e trabalho dos dois, John e Nat. Eles responderam de forma bem descontraída e extrovertida, mostrando que são realmente amigos, houve vários momentos em que eles fizeram todos rirem com respostas divertidas e ao final da coletiva ambos agradeceram a todos e se arriscaram a dizer um “Obrigado” em português, o que fez todos rirem, porque foi realmente engraçado e simpático da parte deles.


  



Ao término da coletiva sai do Copacabana Palace, encontrei dois amigos queridos, conversei com algumas blogueiras, tentei aproveitar o pouquinho de tempo que ainda me restava, pois eu pegaria o ônibus das 14h de volta a São Paulo.

Para concluir, na minha opinião o eventos foram bem organizados, tanto por parte da Intrínseca quanto da Fox, haviam vários fãs em frente ao hotel para vê-los, mas nada que fosse tumultuado, na coletiva tanto John Green quanto Nat Wolff se mostraram pessoas simpáticas, embora a acessória limitasse um pouco a interação com as pessoas, digo isso porque não foi permitido pregar autógrafos ou tirar foto na companhia de um deles na coletiva, mas mesmo assim foi uma experiência incrível , pois só a oportunidade de estar lá já era algo incrível.

Gostaria de agradecer à Editora Intrínseca e a sua equipe que nos deram essa oportunidade de estar lá, obrigada mesmo! Obrigada à Vanessa da Intrínseca, por ser atenciosa conosco.

Consegui filmar alguns momentos, postarei o vídeo no YouTube e colocarei aqui em breve.

Bom pessoal, isso foi tudo, espero que vocês tenham gostado dos saber um pouco mais de como foi conhecer o John Green e fazer parte desses eventos. Espero que tenhamos mais experiências assim para compartilharmos com vocês.

Links dos blogs amigos que mencionamos acima:

Indica Aí (@indicaai_) http://www.indica-ai.com/

Neon Kiss (@neon.kiss) http://www.neonkiss.com.br/

Beijos e abraços!

Miriana

Anúncios

5 comentários em “Quando John Green veio ao Brasil

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s